A vez de Christian Dior

Após Yves Saint Laurent ter duas biografias cinematográficas é a vez de Christian Dior (1905-1957) ter sua história passada adiante. Dois livros serão lançados para engrossarem as bibliografias sobre o estilista criador do lendário “New Look”. Um fala sobre a carreira do estilista e outro traz imagens raras da marca Dior – o último conta também com uma exposição na França, até o dia 21 de setembro (atenção meninas em intercâmbio na Europa!).Gosto de Canela - Capa do livro Monsieur Dior

No livro “Monsieur Dior: Once Upon a Time“, da jornalista francesa  Natasha Fraser-Cavassoni – escritora também do “Dior Glamour: 1952-1962” – o “new look” é a peça central. Por 9 meses a jornalista colheu entrevistas de personalidades próximas ao Christian Dior, como a atriz Lauren Bacall e o ex-assistente, Pierre Cardin, como também navegou nos arquivos da marca para comprovar o impacto do “new look”  após a 2ª Guerra Mundial – período de escassez de tecidos e imagem “masculinizada” da mulher durante a Guerra.

O new look é um conjunto composto de saia midi com quatro dedos abaixo dos joelhos e jaqueta acinturada (a jaqueta bar).

Segundo a autora Dior tinha características essenciais de um grande criador:  “timing, talento e ousadia“. Elementos que (talvez) ele próprio tenha visto no Yves Saint Laurent ao chamá-lo como assistente – após a morte precoce do Monsieur Dior, aos 21 anos, Yves assume a marca.

Gosto de Canela - New Look Dior

New Look – Saia midi e jaqueta bar

Pierre Cardin, em uma das passagens citadas pela matéria da Folha de São Paulo, conta sobre o primeiro desfile da Maison Dior – desfile em que foi lançado o “new look”:

A pressão me fez ficar três dias sem dormir. […] Tive de comprar esparadrapo para dar volume ao peplum [espécie de aba na parte inferior da jaqueta], porque Dior ainda tinha dúvidas sobre o look na última hora.

Esse comportamento ousado e visionário do Dior – estilista responsável por fazer vermelhos inesquecíveis e vestir novamente a “feminilidade” na mulher – o aproximou de grandes fotógrafos como Richard Avedon (talvez o maior nome na fotografia de Moda), Irving Penn e Cecil Beaton.

Gosto de Canela - Dovima com Elefantes Richard Avedon e vestido Dior

Dovima com Elefantes – Richard Avedon. Vestido Dior.

Devido essa conexão da marca com a fotografia, foi lançado a mostra “Dior, The Legendary Images” no Museu Dior, na França, e livro com mesmo nome. Foram escolhidas pela curadora Florence Müller 200 imagens, de 1947 a 2014, para contar a história da Maison e 50 roupas para serem colocadas ao lado de suas respectivas fotos.

Um ponto interessante da mostra é notar como os fotógrafos absorveram a identidade da Dior e mesclaram às suas sensibilidades. A fotografia torna a moda mais desejável, extrapola as poses de “mulher vestindo uma roupa” e passa a traduzir também visual – e também socialmente – uma época. A mostra, nem o livro, não tem previsão de vinda para o Brasil – chorei.

A vida de Christian Dior é cheia de coragem, talento, criatividade a flor da pele e superstições. Sendo essa obra ou qualquer outra, ler sobre Christian Dior sempre vale a pena.

Anúncios

4 opiniões sobre “A vez de Christian Dior

  1. Deve ser um belo material, olha uma hora acaba chegando, esse tipo de material tem tido uma boa aceitação por aqui.
    Acho que esse post abriu a possibilidade de novos posts, você pode falar sobre o pós guerra e sobre o Avedon.

    Excelente post e adorei o novo layout, esse sim se parece com você, bjos e mais bjos

  2. Nossa, achei o seu blog fuçando em comentários de outro blog e quando vi o seu post precisei parar, ler e comentar! Simplesmente adorável você, a forma como ilustrou e como falou dos livros e os links que colocou, realmente o conteúdo está bom e organizado. Quanto aos livros é importantíssimo profissionalizar o meu inglês ainda mais se os livros não vierem para o Brasil. Esqueci de me apresentar, olá, meu nome é Ana. Estou retornando a blogosfera e sou apaixonada por moda. Seu blog já ficou salvo na minha barra de favoritos para voltar aqui mais vezes, é inspirador!
    Fique à vontade para passar no meu blog e comentar. Se quiser pode comentar também me dando um apoio nessa fase inicial, que sempre rola uma timidez, né?!
    Abraço e até mais! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: