24 anos passaram

Os anos passam, um após o outro, coisas acontecem e quando percebemos estamos fazendo aniversário de novo. Ontem foi meu aniversário e quando eu vi estava completando 24 anos. Passei a semana esperando comemorar meu aniversário e meu – quase – primeiro ano em São Paulo, mas se existe alguém que não nasceu para comemorações calorosas essa pessoa sou eu.

Na última semana de Janeiro me planejei, quis muito, reservei dinheiro, até simplesmente perder a vontade e o ânimo de sair para comemorar e, então, só ficar o domingo de boa. 2015 já teve agitação o suficiente e tudo que quis no meu dia foi ficar um tanto isolada.

Em 2015 eu tive que entender e superar tanta coisa, que realmente me senti completando mais 1 ano de vida – não exatamente tinha me dado conta dos 24 anos, mas senti que havia amadurecido -. E aos 24 não quero esperar muita coisa além de manter as contas pagas, continuar a faculdade e tentar começar a juntar uma grana, porém, ao terminar de escrever isso, já percebo que não são expectativas simples, visto o cenário atual da minha vida – e da de muita gente -.

Gosto de Canela - Blue Jasmine e o valor das marcas

Bom, quero agradecer às pessoas que me acompanham por aqui – e também em algumas redes sociais – por terem me parabenizado e desejado coisas boas. Não gosto de comemorar com festa, mas palavras de amizade e boas energias não fazem mal a ninguém.

Hoje a nota é um pouco curta, o cansaço bate, o assunto também, e amanhã pretendo acordar um pouco mais cedo para preparar mais textos pra aqui. Até breve. ❤


Gostou do post? Compartilha, dá um like no Facebook  ou segue no Bloglovin  

Anúncios

7 opiniões sobre “24 anos passaram

  1. 2015 pesou né? por aqui também. e nem posso negar que esse feeling de fazer aniversário e pensar na vida já tá batendo as caras por aqui também. em março é a minha vez. mas ó, que você supra suas expectativas e que elas te surpreendam positivamente (sempre). feliz aniversário :* e bom 2016!

  2. Bom, um feliz aniversário, primeiramente! :))) palavras calorosas são sempre uma boa.

    E devo dizer que concordo com o que disse. Tenho 21 anos e já sinto um peso de responsabilidade enorme nas costas. Sei que só tende a aumentar, e todas essas incertezas do futuro me aflitam ainda mais. Sei que seguiremos firme e forte nessa, e que tudo dará certo, mas sempre bate aquele medo, principalmente da inocência do colo de mãe haha
    Beijo!

  3. Ingrid querida, desculpas pelo atraso, mas lhe desejo tudo de bom pra esse novo ano que chegou, espero que muitas coisas boas aconteçam na tua vida e que muitos aprendizados chegue, e que te façam ser ainda mais essa pessoa linda que tu é, te desejo de todo coração que seja uma fase maravilhosa, mando minhas energias positivas daqui.

    beijo grande ❤

  4. Ingrid, sua linda, te desejo tudo de bom na tua vida, que essa fase seja incrível e que tu aproveites muito. Senti muito cansaço nesse teu texto, um sentimento de peso da idade, mas, honestamente, acho que é normal ficarmos mais sensíveis nesse momento. Pensa positivo e corre atrás das coisas que tu queres, dos teus sonhos. Em fevereiro em completei 24 anos e seis meses de vida, fevereiro é meu mês da metade, agora tô ficando mais próxima dos 25 :~


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  5. parabéns atrasado, ingrid! o meu foi em dezembro e também me senti um pouquinho assim, não quis comemorar. que a nova idade traga mais leveza (:
    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: